Como cobrar um cliente inadimplente? Confira 4 dicas!

Vale ressaltar que cobrar dívidas é absolutamente legal, por isso elaboramos 4 dicas mostrando as maneiras corretas e adequadas de cobrar um cliente inadimplente.

Vivendo em um contexto onde mais de 60,7 milhões de brasileiros estão inscritos no cadastro de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), para evitar constrangimentos ou até mesmo uma ação judicial de danos morais, os empresários precisam saber como proceder na hora de efetuar a cobrança dos clientes com pagamento em atraso.

Vale ressaltar que cobrar dívidas é absolutamente legal, por isso elaboramos 4 dicas mostrando as maneiras corretas e adequadas de cobrar um cliente inadimplente.

Primeira Dica: Carta de Cobrança

Na hora de cobrar um cliente, envie uma carta de cobrança com AR (Aviso de Recebimentos através dos Correios). Se você é proprietário de uma empresa prestadora de serviços, por exemplo, pode enviar a carta de cobrança informando que, caso o cliente não efetue o pagamento até a data x, você irá suspender ou cancelar o serviço. Dessa forma, com a segunda via do Aviso de Recebimento dos Correios, você terá um documento comprovando o comunicado de cobrança ao cliente e este não poderá argumentar que não foi informado ou que não recebeu o aviso.

Segunda Dica: Cautela na cobrança por telefone

A cobrança por telefone é uma forma correta, porém é preciso ter cautela para não expor (jamais) o cliente. Ou seja, você não deve, durante a ligação, informar a quem atender o telefone que é do setor financeiro, pois este já saberá que possivelmente a pessoa procurada está com algum débito. Tome cuidado para não interferir no ambiente profissional ou causar um desconforto ao devedor. O ideal é, quando ligar para o seu trabalho, perguntar o melhor horário que ele possa falar e deixar o seu contato para que retorne assim que possível.

Muito importante: jamais deixe recados sobre débitos para terceiros (vizinho, parente, amigo, etc.) ou ligue em horários inoportunos.

Terceira Dica: Horário ideal para cobrança

Como citamos na segunda dica, existem horários extremamente inoportunos para realizar uma cobrança. Por exemplo, muito cedo (entre 6h e 8h da manhã) e no período da noite (após as 21 horas).

O recomendado é que a cobrança seja efetuada entre 9h da manhã e meio-dia e a partir das 13h30 até as 21 horas. Sábado à tarde, domingo ou feriados, nem pensar.

OBS: Se quiser saber um pouco mais sobre essa recomendação, pode interpretá-la através da leitura do artigo 71 do Código de Defesa do Consumidor. Vale lembrar que se você não possui o CDC (Código de Defesa do Consumidor) em seu estabelecimento, providencie, pois é obrigatório e o descumprimento dessa norma pode resultar em uma multa de até R$1.064,10.

Quarta Dica: Cobrança pessoal

Na hora de efetuar uma cobrança pessoalmente, tenha prudência e tome cuidado para não constranger ou expôr, muito menos ameaçar ou intimidar o devedor. Tenha em mente que, em último caso, você poder recorrer ao judiciário, ingressando com uma ação de cobrança.

Além dessas 4 dicas de como realizar cobranças corretamente, temos uma dica que pode minimizar a sua inadimplência.

Dica para minimizar a inadimplência:

Muitas vezes os devedores não pagam sua dívida por simples esquecimento. Para evitar isso, sempre que executar uma venda, solicite o número de telefone celular ou e-mail do cliente e antes do vencimento, envie um recado de forma gentil, informando que a conta está prestes a vencer. Essa é também uma maneira de fortalecer seu relacionamento com o cliente.

Gostou das dicas? Espero que possamos auxiliar você nas suas próximas cobranças e evitar possíveis constrangimentos.

Um grande abraço!


Alan Marcos
CEO Consolide Sua Marca
Advogado OAB/SC 37.422
Especialista em Registro de Marcas
Telefone: 0800-648-0060

O que estão dizendo sobre nós...