Conseguir transmitir para um especialista exatamente o que você deseja transmitir com a marca do seu negócio é sem dúvida um grande desafio.

Mas existem alguns processos e dicas que podem ajudar você a ter mais clareza sobre o que almeja, bem como transmitir o seu desejo ao designer. 

Se liga nestas dicas que preparamos e que vão ajudar você a criar um briefing de identidade visual incrível.

O que é Identidade Visual?

A identidade visual é o conjunto de elementos que representam formalmente uma empresa, um produto ou uma instituição. Como pilar central da criação de uma identidade corporativa está a logomarca, na sua forma, elementos e cores. 

A logomarca é uma parte da identidade visual de um negócio e sozinha não consegue expressar os conceitos, valores e propósito de uma instituição. 

A identidade visual surge como uma forma de posicionar a empresa no mercado, fortalecer seus princípios e distinguir uma marca para que ela seja reconhecida. Sendo assim, a sua identidade visual é a forma como uma empresa se apresenta ao público.

Qual a importância de ter uma identidade?

Ter uma identidade visual bem definida torna possível os seus clientes reconhecerem facilmente o seu negócio, se diferenciar da concorrência e agregar maior valor a sua empresa.

Já imaginou se um concorrente coloca um negócio do lado do seu e existe pouca distinção entre vocês? Certamente um cliente pode confundir e comprar do seu concorrente. 

Afinal, pode até ser que o concorrente venda um produto de qualidade inferior ao seu. Mas se o cliente não consegue diferenciar vocês, pode comprar da empresa errada e você perder a venda. Isso seria péssimo, né!?

Esse impacto que uma marca tem frente à outra e perante o público consumidor se deve a associação que ambos fazem diante das características do negócio, que vão da apresentação visual ao atendimento. 

8 Passos para criar um briefing de Identidade Visual 

E para construir uma identidade visual forte, consistente e que realmente traduza ao mercado o que a sua empresa é, existem algumas técnicas que podem ajudar neste processo. 

Uma sugestão para finalizar a leitura deste post já com um bom briefing é você ler as orientações de cada um dos tópicos e ir anotando as especificações para a sua marca. Lembre-se de ao final, reler e fazer os ajustes necessários.

1. Defina o mercado-alvo

Sempre que iniciamos um negócio é necessário definir o produto ou serviço que será comercializado. A partir disso, você consegue identificar qual o seu mercado-alvo.

Para te ajudar a definir melhor quem é o seu público-alvo você deve responder primeiramente a seguinte pergunta: quem vai comprar o seu produto ou serviço é uma pessoa ou empresa?

A partir desta resposta, você deve responder as perguntas abaixo, de forma que faça sentido com o tipo do consumidor do seu negócio:

- É homem, mulher ou ambos os sexos? Se for empresa, em qual o segmento ou quais os segmentos ela atua?

- Qual a faixa etária? Se for empresa, são micro, pequeno, médio ou grandes?

- Qual o nível de escolaridade?

- Em média, qual é a renda do seu público? Se for empresa, qual o faturamento estimado dela por mês?

- Em que local geralmente estas pessoas estão (residem, trabalham ou moram)? Se for empresa, em quais cidades e estados estão localizadas?

- Geralmente, como é o comportamento de consumo deste público (compra coisas caras, prioriza qualidade ou preço, etc.)? Se for empresa, como geralmente compra (departamento de compras, CEO, secretária, etc.).

- Qual o sentimento que você quer que a sua marca provoque nestas pessoas ou empresas?

- Quais os valores você quer transmitir a esta pessoa ou empresa?

2. Diferencial

Aqui o ideal é descobrir qual o principal benefício que a sua empresa tem frente ao mercado. Vale fazer uma lista com todos os grandes diferenciais do seu negócio. É qualidade? É atendimento? É variedade? É a localização?

Definir as suas fortalezas vai ajudar você inclusive a escolher quais pontos abordar para se diferenciar diante da concorrência. São estas as características que devem estar em um flyer, no seu site, na sua rede social com destaque. 

Com base nestas informações o briefing de identidade visual que você vai passar ao designer vai ajudá-lo a tomar as decisões certas para ajudar você a alcançar mais sucesso.

call to action para página de conversão de ebook Crie uma Super Marca do zero

3. Aponte os principais concorrentes

Liste os seus principais concorrentes. Relacione o site e demais materiais de marketing e comunicação que você tenha acesso. Acrescente também os perfis nas redes sociais. 

Desta forma o designer passa a conhecer as tendências do seu mercado, evita criar algo que esteja semelhante aos seus concorrentes, reduzindo as chances do seus clientes confundirem a sua empresa com a concorrência.

Ainda com base neste levantamento de informações o designer consegue explorar de forma positiva os diferenciais do mercado. 

4. Liste os materiais que a sua empresa já tem

Se a sua empresa já está em operação, provavelmente você já conta com uma série de materiais desenvolvidos. Reúna alguns exemplares e compartilhe com o profissional: folder, anúncios em jornal ou em revista, flyers, e-mail marketing, vídeos, entre outros. 

Lembre-se de apontar quais itens ficaram bons e trouxeram bons resultados para o seu negócio e quais não atenderam as expectativas. 

5. Também especifique o que você não quer

Dizer o que você quer é tão importante quanto dizer o que não quer. Por isso, faça uma listinha com situações que estejam em desacordo com o seu negócio. Por exemplo, algumas marcas vetam certas cores, palavras e elementos com base na política da empresa.

6. Defina o que você quer

Sabe aquela cor dos seus sonhos ou uma palavra que super representa a sua empresa? Lembre-se de anotar isso e passar para o especialista.

Por outro lado, se você já possui uma marca e está apegado a ela, pode ser que seja difícil trocar, certo? Aqui a primeira dica é: desapegue. Olhe para a sua marca e analise o que você gosta, quais cores devem ficar e quais podem sair, elementos, itens, etc. Transmita a informação para o designer.

7. Missão, valores, visão e propósito

Definir e passar estas visões no briefing de identidade visual é fundamental para que a criação esteja alinhada com a marca. Assim o designer consegue transmitir para as peças o que é o direcionamento da sua empresa. 

Se você ainda não tem isso certo, esta pode ser uma ótima oportunidade para definir estes itens. Lembre-se que conforme a sua empresa muda, pode ser que alguns destes itens também se alterem. 

8. Busque referências

Busque na internet empresas que você gosta, que possuam uma identidade visual interessante. Em um documento especifique o que você gostou e o que não gostou em cada uma delas. Aqui você pode trazer alguns concorrentes também. 

Briefing concluído, e agora?

Depois de finalizar o briefing, você deve passar todo o dossiê para o designer. O profissional vai precisar de um tempo para analisar com atenção o briefing de identidade visual que você preparou.

Mas lembre-se de solicitar a ele uma data para a entrega de uma primeira versão. Defina também, antes da contratação, quais serão todos os itens a serem entregues no trabalho :

  • Logomarca;
  • Manual de identidade visual;
  • Arte do cartão de visita;
  • Arte da fachada da loja;
  • Arte dos brindes;
  • Templates;
  • Flyers e Folders;
  • Uniforme, entre outros.

A Identidade Visual está pronta. E agora?

Depois que você aprovar toda a identidade visual do seu negócio, existem duas coisas que são fundamentais. 

- Solicite o manual de identidade visual: Desta forma você ganha autonomia e possibilita com que qualquer profissional possa criar peças para a sua empresa sem sair do padrão da identidade visual do seu negócio.

- Registre a marca: A sua marca ainda não possui o registro no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial)? Então não perca mais tempo, faça o registro. Qualquer marca que não seja registrada no órgão é uma marca sem dono e pode ser utilizada por qualquer empresa ou concorrente.

---

Agora que você já sabe quais os principais passos para construir um briefing de identidade visual de sucesso é só colocar a mão na massa. Boa sorte!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário nos dando sua opinião.

>> [eBook 100% Grátis] Saiba como criar uma marca que vai te destacar da concorrência. Baixe agora este super eBook! <<