Se você é um artista, já reconhecido ou não, independe da sua área de atuação, você precisa sim registrar sua marca. E mesmo que muitos artistas ainda negligenciem esse processo, ele é de suma importância para sua carreira. Entenda o porquê neste artigo.

Direito de Exclusividade

Muita gente não sabe, mas nome artístico e nome de banda são marcas. E como marcas, precisam ser registradas.

Apenas realizando o registro de uma marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) você vai garantir o seu uso exclusivo. Assim, você terá total controle sobre a marca e não correrá o risco de outras pessoas usarem o mesmo nome que a sua banda, por exemplo.

Ter o direito de exclusividade vai impedir que terceiros comercializem produtos com a sua marca ou realizem outros tipos de uso indevido. Com o registro, você estará protegido por lei e pode tomar providências diante de tais situações.

Garantia de Segurança

Ao registrar sua marca você também garante a segurança da mesma. Imagine que você começou sua carreira utilizando um nome artístico e não o registrou. Uma pessoa má intencionada pode registrá-lo e começar a usar a sua marca. Com isso você seria obrigado a trocar o nome. Como exemplo, posso citar o caso da Banda Gera Samba, lembra? Existia outra banda, de menor sucesso, com o mesmo nome e que possuía o registro, obrigando o Gera Samba a trocar para É o Tchan. Nada legal para sua carreira não é mesmo?

Mas atenção! É importante que você utilize a marca que registrou. Existe um prazo de cinco anos para que a marca seja utilizada. Caso contrário, outra pessoa pode solicitar a caducidade da mesma e assim você poderá perder os direitos de uso.

Imagem Profissional

Criar uma marca pessoal e assegurá-la com o registro, ajuda você a ter uma imagem mais profissional e te dá mais credibilidade, o que é muito importante, principalmente no início da carreira de um artista.

Uma marca forte e registrada, em parceria com um bom marketing pessoal, serão excelentes aliados na busca do reconhecimento na sua área de atuação.

E se você já possui um nome forte no meio artístico, garanta sua segurança realizando o registro.

Casos de Perda de Marca

Na indústria musical não são raros os casos de perda de marca. A banda Jota Quest por exemplo, nem sempre foi conhecida assim. Inspirado pelo desenho Jonny Quest, o primeiro nome dado a banda era J.Quest. Porém, quando os músicos tentaram registrar a marca em 1995, a empresa americana Hanna-Barbera apresentou oposição ao pedido, alegando conflito com o desenho animado. Para evitar um possível processo, o nome da banda foi alterado para Jota Quest, como ficou nacionalmente conhecida.

Outro caso é o da banda conhecida hoje como Natiruts, que era originalmente chamada de Nativus, mas ao ter seu pedido de registro negado pelo INPI, também devido ao fato de já existir outra banda (Os Nativos) com a marca muito semelhante registrada, os envolvidos foram obrigados a alterar o nome.

Pronto para realizar seu Registro de Marca?

Agora que você sabe a importância de registrar sua marca, o próximo passo é registrá-la e garantir todos esses benefícios.

O processo pode parecer complicado, mas com os profissionais da Consolide Sua Marca você terá todo o suporte e orientação necessários, do início ao fim. Somos uma empresa nacionalmente reconhecida por oferecer serviços de registro de marcas, atuando com transparência e rapidez.

Vamos realizar todo o processo, para garantir que você possa seguir sua carreira artística com total segurança. Faça como a Queen Tribute Brazil e confie sua marca a quem realmente entende do assunto.

Queen Tribute Brasil

Ainda tem dúvidas sobre o registro de marcas? Caso deseje, a nossa equipe especializada pode entrar em contato com você e esclarecer todas elas. Você só precisa fornecer o seu contato ou enviar sua dúvida.

Gostou das nossas informações? Esse conteúdo foi relevante para você? Deixe seu comentário! Vamos adorar saber sua opinião!

E não deixe de acessar nosso Blog para ficar por dentro de todas as informações e novidades do mundo dos negócios.